Burt Reynolds, a estrela de "Agarra-me se Puderes", morre aos 82 anos - Os Cinéfilos

Burt Reynolds, a estrela de "Agarra-me se Puderes", morre aos 82 anos

homem Aranha

Burt Reynolds, o megastar bigodudo que apareceu pela primeira vez nas telas há mais de meio século, morreu quinta-feira, devido a um ataque cardíaco, de acordo com seu agente Todd Eisner.

Ele tinha 82 anos.

O nativo da Geórgia, cujos charmes e aparência atraentes atraíram papéis proeminentes em filmes como Agarra-me se Puderes (Smokey and the Bandit) e Boogie Nights, sofreu uma parada cardíaca, disse Eisner.

Um símbolo icônico de Hollywood na frente das câmeras, Reynolds também tentou sua mão como diretor, e depois ganhou fama na filantropia depois de fundar o Instituto Burt Reynolds de Cinema e Teatro em seu estado natal, Flórida.

Uma vez entre os atores mais bem pagos de Hollywood, Reynolds mais tarde teve problemas financeiros em meio a empreendimentos privados em um restaurante de Atlanta e em uma equipe esportiva profissional, embora continuasse a fazer aparições e lecionar aulas de interpretação.

"Eu trabalhei como ator por 60 anos, devo ter algo que posso ensinar", disse ele à CNN.

Reynolds ressurgiu nos últimos anos, aparecendo em inúmeros filmes e programas de TV. Ele foi escalado para o elenco do próximo filme de Quentin Tarantino, "Era uma vez em Hollywood", com lançamento previsto para o ano que vem.

Reynolds será sempre lembrado por suas contribuições para o cinema.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.