Crítica - Nasce uma Estrela ( Por Junior Fernandez ) - Os Cinéfilos

Crítica - Nasce uma Estrela ( Por Junior Fernandez )

homem Aranha


Por Junior Fernandez

Amigos da Sétima Arte 

Vamos falar de uma Estrela?

Simplesmente a protagonista da nossa história é uma das mais famosas cantoras Pop Americana de todos os tempos, estou falando de Lady Gaga

A resenha de hoje é sobre Nasce uma Estrela (A Star is Born) na sua estreia como atriz principal no cinema, Gaga interpreta a cantora Ally, um jovem talento promissor da música, que devido alguns problemas de baixa autoestima e afirmação pessoal não consegue viver só da sua arte, porém, tudo está prestes a mudar.

Em um pós show, o astro da música Jackson Maine, interpretado por Bradley Cooper, resolve dar uma parada em um local para continuar alimentando seu vício por álcool, e o encontro inesperado acontece, paixão à primeira música, um misto de amor, talento, ascensão e queda.

Esta história já foi contada no cinema outras três vezes, a protagonista já foi vivida por ninguém menos do que Janet Gaynor (1937), Judy Garland (1954) e Barbra Streisand (1976), nas duas primeiras, elas retrataram a história de uma atriz em ascensão, já a terceira, é mais próxima da versão atual, pois fala de uma cantora, cuja qual Gaga interpreta com perfeição, entregando seu talento e emoções reais.

O que dizer da trilha sonora, tanto a incidental (destaque para La vie en Rose e Pretty Woman) quanto a que foi criada para o filme, músicas que ficarão na cabeça e no coração por muito tempo (Shallow e Maybe it's Time). Os dois fizeram questão de gravar todas as canções ao vivo, nenhuma foi dublada posteriormente pois perderia a essência do filme. 

Bradley Cooper também estreia como diretor, e não fez feio, cheio de personalidade, trouxe uma história já contada porém de um jeito bem simples, mesclando a música como base para o drama e o romance acontecerem, com as sequências nos shows que nos transportam como se estivéssemos lá na plateia ou no backstage. 

O filme já nasceu como um sucesso, agora é só esperar os frutos.

Ps:"A música é essencialmente doze notas entre qualquer oitava, doze notas e a oitava se repete, é sempre a mesma história contada mais e mais vezes, tudo o que um artista pode oferecer é como ele entende essas doze notas!" Citação de Sam Eliot no filme Nasce uma Estrela.


Nota 9,5

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.